domingo, 14 de agosto de 2016

henry salvador


henry salvador, 
na sacada do apartamento do copacabana palace,
olhando para caena, para os retratos, 
para os espelhos do que viria ser a nova ilha,
a canção da eternidade, da sua eternidade,
da eternidade dos amores das muitas copacabanas


 ( edu planchêz )

Nenhum comentário:

Postar um comentário